Fusilli com talos e folhas de beterraba

Atualizado: Jun 26




No começo da pandemia comecei a pedir vegetais orgânicos do Quilombo Cafundó, aqui na região de Sorocaba. O que mais me chamou a atenção foi o tamanho e a perfeição dos talos e das folhas da beterraba que produziam. Se antes eu queria sua raiz tuberosa, agora estou interessada nas folhas, que são deliciosas e tem uma consistência muito parecida com o espinafre que conhecemos. Os talos são levemente salgados e crocantes, e tanto eles como a folhas devem ser consumidos somente após cozimento adequado (por conta do oxalato de cálcio). Você até pode usar algumas poucas folhas da beterraba, cruas e pequenas, para finalizar um prato ou salada. Mas lembre-se que consumir sempre assim, ou em grandes quantidades, não é recomendado.\


Beterrabas do Quilombo Cafundó, sem veneno, produzida aqui na região de Sorocaba.


A beterraba é uma planta que foi domesticada no mediterrâneo a partir de uma variedade silvestre que ainda é encontrada na região (alguns artigos sugerem que a variedade original seja a Beta maritima). No início suas folhas eram consumidas como alimento e a raiz tuberosa usada para fins medicinais, e foram os franceses que descobriram o seu potencial culinário como acompanhamento de um prato. Mas vale lembrar que a maior parte de sua riqueza nutricional está nas folhas, ricas em cálcio, o mesmo para as demais espécies da família Amaranthaceae (o espinafre, o amaranto, a quinoa e a acelga).


O macarrão com talos e folhas de beterraba já virou um clássico aqui em casa, e o fusilli é a minha massa preferida nesta receita!




Fusilli com talos e folhas de beterraba

Tempo de preparo: 35 minutos

Porções: 5 porções


1 maço de talos e folhas frescas de beterraba

500 g de fusilli (massa seca)

1 cebola roxa em rodelas

4 dentes de alho fatiados (opcional)

4 colheres de sopa de azeite de oliva

1 xícara de azeitonas pretas

Orégano fresco a gosto

Sal

Pimenta-do-reino a gosto

Azeite de oliva extravirgem para finalizar


1. Lave bem os talos e folhas, seque bem, pique e reserve.

2. Cozinhe a massa em água fervente com sal, conforme a indicação de tempo da embalagem.

3. Aqueça uma frigideira grande, panela wok ou outra panela, e refogue a cebola, o alho e orégano no azeite até ficarem macios. Adicione os talos e folhas que devem ficar cozidos, porém ainda crocantes e com a cor vibrante. Cuidado para não cozinhar demais. Finalize com sal e pimenta-do-reino a gosto.

4. Escorra o macarrão e misture com o refogado, as azeitonas e um fio generoso de azeite.

74 visualizações0 comentário