Pesto com mastruz

Dysphania ambrosioides


Você já ouviu falar em mastruz? A planta, também conhecida no feminino como Erva-de-santa-maria, é geralmente usada para fins medicinais e pouco explorada como tempero.

Quando andava pelo mercado São Sebastião, em Fortaleza, percebi que o mastruz era fácil de se encontrar... reparei os sabores nos pratos, conversei com cozinheiros e por onde andei não achei ninguém que o usasse como tempero, achei estranho. Se tinha tanto, para que usavam? Perguntei e a resposta foi: mastruz batido com leite para uma série de enfermidades como gripes e parasitas, como repelente de insetos e até como cicatrizante. Curiosamente, aqui no Brasil raramente é aproveitado na comida. Já no México, onde leva o nome de epazote, é usado com maestria na culinária. E foi experimentando seu gosto em pratos mexicanos que aprendi a aproveitar o mastruz também como um potencializador de sabor.



Esta plantinha aromática, que pode ser categorizada também como PANC (Planta Alimentícia Não Convencional), nasce espontaneamente pelos jardins, tem odor forte e sabor acentuado, por isso para temperar é preciso saber dosar, ter cautela para não exagerar. Então quero compartilhar com vocês a receita do Pesto de Rúcula e Mastruz que preparei no Cozinha Show do Ceará Organic Food Festival, semana retrasada em Fortaleza, e que ficou muito gostoso. Gosto muito da refrescância que a rúcula leva para o molho pesto e achei que combinou bem com o sabor do mastruz, deu samba.

Lembrando que as medidas da receita não são exatas, afinal existem diferentes tamanhos de “maços”, está bem? Usei a castanha-de-caju pois ela é abundante no Ceará, mas pode ser outra oleaginosa se for mais conveniente pra ti.


Pesto de Rúcula com Mastruz*


10 folhas médias e frescas de mastruz

1/3 de maço de rúcula

1/3 de maço de salsinha

1/2 xícara de azeite de oliva extravirgem

80 g de castanha-de-caju

1 dente de alho

Suco de 1 limão

Sal

Pimenta-do-reino a gosto


1. Lave bem as folhas e retire o excesso de água.

2. Coloque todos os ingredientes no processador e processe até ficar homogêneo. Se preferir, prepare em um pilão de pedra.

3. Acerte o sal e a pimenta.


*Esta receita foi servida com o hambúrguer fermentado de favas, muito em breve também aqui no blog! ;D

76 visualizações