Aprenda a fazer grama de trigo, o broto rico em clorofila ;)

Atualizado: Mai 15

A clorofila está presente em todas as plantas do reino vegetal, mas a doutora Ann Wigmore descobriu, há cerca de 50 anos, que o brotinho do trigo é rico em minerais que atuam como um biodetergente no corpo, purificando o sangue, desintoxicando a pele, fazendo uma verdadeira faxina por todo o organismo.






Cultivar grama de trigo é relativamente fácil de fazer em casa, só exige alguns cuidados para ela poder crescer com força e vigor. A grama de trigo (que também pode ser feita com o centeio), rende um delicioso suco com tonalidade verde intensa, um sabor suave de folha e retrogosto levemente doce. Existem máquinas específicas para extrair o suco destes brotos, que concentram, em uma pequena quantidade, uma gama de minerais, clorofila e as fantásticas enzimas. Mas não precisa ir muito longe para trazer saúde e agregar os benefícios da clorofila à sua vida, já que com um liquidificador simples e boas combinações conseguimos excelentes resultados. Vou te contar.


A clorofila é um grupo de pigmentos verdes presentes nas plantas, a cor é incrivelmente obtida pela luz do sol quando as folhas absorvem o azul e o vermelho e refletem o verde, canalizando a energia solar para a planta por meio da fotossíntese. Legal, né? Richard Willstatter, um químico alemão, descobriu uma coisa muito interessante, sua descoberta revelava que coincidentemente as moléculas da clorofila eram semelhantes às da hemoglobina. A hemoglobina é basicamente composta por um átomo de carbono, um de hidrogênio, um de oxigênio e um de nitrogênio, ligados a um átomo de ferro. A clorofila possui a mesma composição, só que o átomo central é de magnésio.

Vamos aos brotos?


A qualidade da terra em que os brotos serão cultivados é muito importante, tão importante como a qualidade da semente, pois é da terra que as plantas vão retirar todos os minerais. Portanto, observe a origem e a qualidade da terra que você usa, pois ela deve estar livre de adubo químico e rica em matéria orgânica. Se você mora em área urbana com difícil acesso à terra, minha dica é usar um substrato, pronto para uso, que substitui a terra e geralmente são enriquecidos com bokashi e é uma excelente alternativa para pequenos cultivos (confira as indicações no final do post).


A grama de trigo e centeio é feita com as sementes diretamente sobre a terra. Para iniciar seu cultivo de grama, rica em clorofila, você vai precisar de:


• Terra rica em matéria orgânica ou substrato natural (ou um mix deles)

• Sementes/grãos de trigo ou de centeio orgânicas

• Vaso ou recipiente descartável com no mínimo 2,5 cm de altura (pode ser bandeja de isopor, embalagem plástica de supermercado, pote velho etc. Nestes casos será preciso fazer furinhos no fundo)

• Água


1. Escolha um recipiente ou vaso com furo no fundo, disponha terra de qualidade por toda a extensão. Deixe as sementes de molho em água, para despertarem, por uma noite.

2. Coloque as sementes hidratadas na superfície, finalize com um pouco de terra polvilhando por cima e regue todos os dias. Cuidado para não encharcar a terra com água, isso pode dificultar o desenvolvimento do broto. Se semear uma semente for algo novo para você, use um borrifador para evitar que isto aconteça.

3. Nos primeiros dias, até sair um brotinho de cor verde, mantenha o vaso em ambiente bem protegido da luz. Assim que surgir o broto, coloque-o em local com luz indireta e dentro de uma semana, aproximadamente, você terá grama. Para consumir, corte os brotinhos com uma tesoura, lave e use no seu suco. Após o corte, ela cresce de novo! ;D


Minhas sementes não brotaram, e agora?

Algumas sementes podem estar velhas demais, ou podem ter viajado de um outro país e passado por radiação, nunca se sabe. Recomendo usar sementes orgânicas e produzidas no país. Por aqui a Ecobio e a Biorga comercializam.

Em breve vou postar algumas sugestões de suco com a grama. Enquanto isso, dá tempo de você começar o seu cultivo.


*Dica de substratos que já usei e gostei:

Yes, we grow!

57 visualizações