top of page

Chutney de abacaxi com gengibre, pacová e cayena




Voltei pra casa com vários abacaxis ainda meio verdes e em menos de uma semana todos ficaram bem maduros. Fiquei pensando qual receita poderia fazer para aproveitar os frutos, pois não daria conta de comer todos eles. Foi quando resolvi fazer este chutney.

Pra quem nunca ouviu falar, chutney é uma geleia agridoce de origem indiana, geralmente picante, e que vai muito bem acompanhando diversos pratos. Nesta versão abrasileirada da receita, ao invés da manga, que é bem tradicional neste preparo, uso dois ingredientes autóctones da nossa Flora, o abacaxi e uma especiaria chamada pacová, que também é conhecida como o cardamomo brasileiro.


Acabei usando toda a polpa, inclusive aquela parte central do abacaxi que é mais fibrosa – mas dependendo do fruto ela pode ser muito fibrosa e interferir na consistência da receita, então fica a teu critério usar ou não usar.



Chutney de abacaxi com gengibre, pacová e caiena


Rendimento: 3 vidros médios

Tempo de preparo: 1h30 minutos


3 abacaxis

3 cebolas (usei a roxa) em cubos

1 xícara de açúcar demerara

3-4 bagas de pacová desidratado (também pode ser cardamomo)

2 colheres de sopa de gengibre ralado com a casca

5-10 dentes de cravo-da-índia

1/2 xícara de vinagre de maçã

Pimenta-caiena a gosto (coloquei 1/3 de colher de chá pois sou bem moderada com picância)

Sal a gosto


  1. Descasque os abacaxis e pique em cubos, distribua-os em uma panela funda, adicione o açúcar e mexa bem.

  2. Abra as bagas do pacová, descarte a casca e triture as sementes em um pilão de pedra ou pique bem com a faca.

  3. Coloque todos os ingredientes na panela e leve ao fogo.

  4. Assim que começar a ferver, reduza o calor e cozinhe por 30 minutos ou até todo o líquido evaporar.

  5. Retire do fogo logo que o preparo atingir consistência de geleia. Deixe esfriar um pouco e prove, deve ficar mais doce do que salgada: o sal é somente para realçar o sabor e não para sobressair.

  6. Se desejar, processe parte do preparo para atingir consistência mais cremosa. Eu gosto do chutney levemente pedaçudo.


Espere esfriar, guarde em potes de vidro e armazene na geladeira. Costuma durar cerca de 3-4 meses.

40 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page