Creme de Inhame com louro do jardim



Aos poucos o clima começa a esfriar e nada melhor que um creminho nutritivo e saboroso. Neste post vou te contar como preparei este creme usando inhame e as folhas do louro fresco que temos aqui no jardim comestível.


Em casa temos a honra de ter um pé de louro bem próximo a cozinha, aliás se você tem quintal é algo a se pensar, pois o sabor da folha fresca é outro quando comparado ao louro seco. Nem melhor ou pior, simplesmente diferente. O louro é uma árvore que pode ficar bem grande, mas se o problema for espaço a planta também pode ser cultivada em um vaso.


Creme de Inhame com louro do jardim

500g inhame (preste atenção pois em alguns lugares do Brasil inhame é cará e em outros cará é inhame)

500 ml de leite de castanha do pará ou outro leite vegetal

500 ml água fervente [aproximadamente]

4 folhas de louro fresco

1 fatia de cúrcuma fresca OU 1 colher de café rasa de cúrcuma em pó (também conhecido como açafrão da terra)

Puxuri ralado a gosto ou noz moscada (leia mais sobre o puxuri aqui)

Sal a gosto

1.Descasque e pique o inhame em pedaços grandes, reserve. Aqueça uma panela de fundo grosso e coloque um pouco de gordura de sua preferência, em seguida doure as folhas de louro com a cúrcuma e adicione o inhame, mexa bem e assim que começar a dourar adicione a água e o leite. O liquido deve ser o suficiente para cobrir o inhame, não mais que isso.

Assim que ferver abaixe o fogo e adicione o sal, cozinhe até o inhame ficar macio.

Retire as folhas de louro, finalize com puxuri ralado ou noz moscada a gosto. Triture a sopa no liquidificador até ficar cremosa, se o copo do liquidificador for de plástico espere esfriar um pouco antes de bater.

Sirva em cumbucas e finalize com molho de pimenta.

Obs: O louro em excesso causa sonolência e neste dia eu senti um pouco pois usei 8 folhas, então achei melhor diminuir para 4. Mas se for de noite, no fim de um dia agitado, porque não?



75 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo